quarta-feira, 5 de abril de 2017

Peso no mundo. só serve pra causar raiva e preocupação nos outros e nada mais. So sabe despejar problemas nos outros, nao sabe nem se controlar. Acha que o mundo vai acabar por tudo, para com isso! Todo mundo tem problema, todo mundo passa por fases dificeis. Voce nao e a primeira e nem será a única. SÓ PARA COM ESSE DRAMA! ESSA NÃO É VOCÊ DESGRAÇA! VOCE SEMPRE AGUENTOU CALADA, PRA QUE GRITAR AGORA? QUE DESGRAÇA, ENTÃO SE MATA DE UMA VEZ E CALA ESSA MALDITA DESSA BOCA

DIGITAR POR DIGITAR PORQUE ATÉ EU CANSEI DE DESABAFAR COM OS OUTROS


QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER! QUERO MORRER!

BOAS NOVAS NÃO TÃO BOAS

Ca estou eu denoooooooooooovo!
E resolvi aceitar que sou uma louca surtada, pois é, hehe. Prefiro levar isso na esportiva, porque se não for pra levar a vida como o Coringa nem quero. Bom, a morte continua em primeiro lugar na minha vida, não do que mais quero, mas no que mais penso. Mas eu não posso fazer isso comigo, deveria no máximo arriscar mesmo, sei lá, andar de madrugada nas quebradas, ser meio "sonsa" no trânsito.. Preciso de algo que não seja eu quem provoque porque ainda preciso de algo que possa tranquilizar a mente da minha filha futuramente, não quero que ela pense que a mãe dela nem lutou. Mas poxa, eu to lutando, eu luto diariamente, eu não consigo mais todos os dias, todas as horas, eu só vivo pra disfarçar o que sinto, mal consigo sorrir de verdade, não tenho mais objetivos, eu que sonhava tanto, não tenho mais o que fazer nessa vida. Eu leio, eu oro, eu medito, penso nas pessoas que amo e quais me amam, mas eu simplesmente não consigo mais querer nada além de dar um fim na minha vida, querer me dopar, sumir...
Sabe quando vc perde o medo de tudo? pois é, dar uma volta pra levar um tiro na cabeça seria uma boa ideia...

domingo, 19 de março de 2017

De volta de novo

Aqui estou eu outra vez precisando recomeçar.. outra vez sofrendo a mesma pressão psicológica dos meus neurônios ferventes gritando: "PARA DE COMER SUA GORDA! NUNCA VAI SER FELIZ DE VERDADE ASSIM...
Não dormi ainda e já 07:12h da manhã. Eu sinto fraqueza porque dei uma mordida em uma torta ontem, mas ainda bem que me arrependi e dei o resto pra cachorra. Tomei duas cápsulas de termogênico a tarde e caminhei/fiz corrida por 2h depois. O problema foi ter bebido cerveja a noite, mas como não comi nada, acho que não tive grandes prejuízos assim.. ontem eu tava com 73.5, ainda não tive coragem de subir na balança hoje, mas espero de verdade que eu consiga estar com 71 e amanhã já não esteja mais na casa dos 70. Eu já estava com 67 em setembro do ano passado e cá estou eu com 73 em março. Tá punk, passei a noite inteeeeeira tentando dormir, mas os pensamentos e lembretes da minha ansiedade, minha agonia com todo esse excesso, a falta de amor próprio que insiste em gritar o tempo todo o quão desprezível eu sou não deixaram. Tentei assistir série, mexi no Instagram, Facebook, descobri várias coisas no whatsapp, joguei jogos antigos, baixei jogos novos, não gostei, desinstalei... Nada! Nada do que fiz me desconcentrou do inferno queimando na minha cabeça. Todos os meus demônios voltaram. Não vou desmontar fraqueza dessa vez. E nenhuma outra que volte mais depois que eu expulsar todos eles outra vez. Eu posso até ser fraca, mas morrerei lutando. Eu ainda vou conseguir chegar em algum objetivo nem que isso custe minha vida. Posso chorar, ter cólicas, dores absurdas, mas me recuso a voltar à vida que estive levando esses últimos tempos. Menos comida e mais exercícios, menos procrastinação e mais determinação. Se nem eu me amo dessa forma, como quero ser amada por qualquer outro ser humano? Eu preciso lutar de novo, deixar de lado toda essa frescura de "que fome!" "Não resisti!" E bla bla bla...
Tô voltando pro blog, tô voltando pra Ana, e quando eu não for forte o suficiente estarei segurando firme na mão da Mia. CHEGA DESSA FALSA FELICIDADE! CHEGA DESSE TANTO DE BANHA! OSSOS JÁ, NEM QUE SEJA DEBAIXO DE 7 PALMOS. AGORA É PRA VALER! NEM QUE CUSTE MINHA VIDA.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Prosseguir

Novamente sumi! Mas cá estou eu com apenas um quilo a menos que quase um mês atrás. Porém mt mais determinada. Agr já fazem 13 h que estou de NF, e nem tchun. Hoje não vou pra aula, mas vou me exercitar pra caramba. Amanheci com 75,3. Amanhã preciso estar com 73 pelo menos. Cada dia mais perto da minha meta. Eu vou conseguir!
Agora a Ana ja tomou conta de mim, não tem mais volta. Eu sou totalmente dela e que se danem as consequências, pois sei o quanto doeu e demorou para eu me entregar. Faço o desafio comigo mesma, até dia 05 estarei com 69 kgs.
São 7 dias para eliminar 5 kgs, sei que sou capaz, mas preciso provar para mim mesma. #Forca .

Criei um tumblr, ultraalilucinogena.tumblr.com , para quem quiser seguir, tem coisas sobre a Ana tbm.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

#THINSPO3


REVIRAVOLTA



BOOOOOOOOOOOOOOOOOOM DIA!

Bom, dei uma sumida, pois o meu notbook deu problema e eu estava realmente muito focada em voltar com tudo pra esse mundo lindo Ana/Mia. Trago comigo muitas novidades. 
Primeiramente gostaria de agradecer às minhas seguidoras que me animaram demais, demais mesmo, muito obrigada! Tive 117 visualizações do blog e alguns comentários também. 

Para iniciar, nesse momento estou com 41 horas de NF. E para quem postou um super fracasso da última vez já pode se orgulhar agora. Na última postagem estava com mais de 80 kgs, hoje amanheci com 76,800kgs. No fim de semana eu fui à um encontro de família e la fiz duas refeições mega completas. Bebi horrores e só engordei um kg, mas já o eliminei. Já é terça e estou desde as 16h de domingo sem comer nada e mega feliz. 

Vou até meu limite de NF, porém não espero mt coisa, pois já faz 5 anos da última vez que fiz, mas ver as roupas enlarguecendo e os números da balança diminuindo não tem preço, já até consigo visualizar o esboço de minhas clavículas (ai que delícia gente!) e outro segredo do meu sucesso está sendo a meditação e a gratidão na minha vida, depois faço um post falando sobre isso. Hoje já fiz circuito mega pesado na academia, agora vou ficar o resto do dia mais quieta, se não posso correr o risco de quebrar meu NF.  Gente, é só alegria, mas preciso chegar aos 70 kgs até dia 27 de agosto, hoje ainda é dia 02, ou seja, dá tempo sim, basta eu exorcizar essa alma de gordo minha!